segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Tudo só é bom no início.

 Primeiramente eu queria dizer para esquecer aquela bobagem sobre a migração para um novo blog por motivos de eu esquecer a senha do mesmo :) E esse blog aqui, embora não tenha muitas postagens, tem uma história legalzinha que eu não quero esquecer (minhas crises são as melhores). 

 Hoje quero falar sobre um assunto nem um pouco polêmico: início de qualquer tipo de relacionamento. Gostaria de saber como manter todos os dias restantes como se fosse sempre pela primeira vez porque já namorei e peguei o mundo inteiro e sempre consigo me enjoar quando já não rola aquela atração de primeira, aquelas horas e mais horas de conversa, aquela disposição de fazer tudo para ficar com alguém. Acho que ainda tenho muitas pessoas para me encantar, muitas bocas para beijar, enfim, muitas pessoas para eu conhecer, e tenho a leve impressão que em todas as vezes eu vou acabar me enjoando.

 Vejo poucos relacionamentos alheios que dão certo e sinto uma pequena inveja por não encontrar alguém que tenha um mesmo tipo de doencinha que a minha. Com certeza seria muito mais fácil me relacionar com alguém que tenha os mesmos surtos paranoicos que o meu, pois assim nos entenderíamos perfeitamente e todos os dias seriam primeira vez. Alguém que seja parceiro, bom de cama, zoeiro. Será tão difícil de encontrar? Quantos mais eu vou usar ou serei usada (talvez) até encontrar alguém bacana? 

sábado, 28 de junho de 2014

Migrei.

http://maasz.wordpress.com/  



:)

quinta-feira, 22 de maio de 2014

Jacques me desiludiu.

 A vida não anda tão fácil. Quando eu estou melhorando minhas jogadas me destacando mais e mais no cenário suporte aí no LoL ~~wtf, not~~ eis que estão o professor de cálculo resolve adiantar a prova devido a copa do mundo. 


 #NÃOVAITERCOPA #NÃOVAITERHARMONIA #NÃOVAITERVIDA

Sinceramente: fudeu, caralho. Por mais que eu tente ir bem, é muita coisa para lidar. Eu não sei conciliar tudo isso, até tento, mas a depressão bate e eu quero espancar o mundo inteiro. O pior é que eu até gostava dele, mas depois disso, não vai ser a mesma coisa. Tenho um afeto por ele por ainda dar aula (diferentemente de outros professores, né... ~~cof cof aloir~~). 
 O pior que não posso nem cancelar a cadeira, pois já cancelei Biofísica. Me arrependo muito disso... Mentira, não me arrependo. A maioria das pessoas daquela turma tem certas atitudes que me deixam enojadas, com vontade de sair correndo para o banheiro e ter aquele vômito nojento que deixa sua boca áspera. 

 Falando nessas nojeiras, eu estou ligada nessa gente aí que se fingia de bom samaritano, mas agora que terminei meu relacionamento, misteriosamente começou a virar a cara para mim. Querida, só quero agradecer: obrigada! Tu me faz um favor virando a cara para mim porque ter que gastar saliva te cumprimentando era um desperdício biológico. (Um dia a máscara cai e eu vou rir tanto. Embora eu já tenha rido muito depois que alguém preferiu acreditar em uma fiel amizade de ... 3 meses? hahaha, e depois foi excluído por essa pessoa super fiel, amiga, parceira, verdadeira). 

 Agora, vou espalhar amor dizendo que amo todos os amigos que fiz. Sei que as vezes ~~sempre~~ sou chata, mas de verdade, eu gosto muito dessa gente que fica fazendo piada quando estou braba e sempre me colocando para cima (as vezes até exageradamente, mas né, eu gosto).  Perdi um amigo (beijos, Pedrinho) e ganhei muitos outros que entendem minhas piadas sem graças, sobre LoL, sobre Lineage, sobre todas as fucks coisas legais que eu gosto.  Aos poucos meu coração vai neutralizando (com OH-) e superando as maldades que esse povo cruel aprontou comigo.  


rsrs, me desejem juízo. 



quinta-feira, 15 de maio de 2014

segunda-feira, 5 de maio de 2014

French Maid


 Começo esse post com uma foto que futuramente será retratada por mim. É minha gente, fiz amigos, fiz contatos, agora eu estou poderosa e com muito mais incentivo para dar início ao meu primeiro cosplay *-*  Fazia tempo que eu não sentia essa empolgação no meu coração! Estou tão ansiosa!   Claro que já estou morrendo de vergonha por ter que ir um pouco mais ~~ousada~~ na frente dos outros, mas dane-se, eu vou fazer, foi feito para mim e beijos. 

 Agora, mudando de assunto, será que perguntar para alguém se ele joga algum jogo é algum tipo de cantada e eu estou por fora?  Porque acabei de perguntar isso para um amigo e ele me mandou um  " ;) ".  Tipo, não. Eu não o tipo de pessoa que canta os outros, muito menos ele, AUHDAUISHDAIS. 

sexta-feira, 2 de maio de 2014

Desabafos pré-estudo.


 Agora que a tempestade passou, estou esperando o sol aparecer para me aquecer novamente (what?). Ok, não tão sentimental assim, mas só quero desabafar dizendo que voltei a ser eu mesma. Nos últimos meses fiquei amaldiçoando tudo e a todos mas do que adiantou? Não adianta. Eu disse que não acreditava mais no amor, mas eu disse isso também quando meu outro ex terminou comigo. Eu sou muito little girl. Sou muito inocente, haha. Meu maior erro é ser sentimental demais. Sim, eu sou um mel de drama. Drama queen. 

 Porém, embora eu tenha toda essa personalidade complicada demais para a cabecinha dos meus ex's, acredito que ainda encontrarei alguém com um nível bom para enfrentar desafios e então ganhar um victory na fase "namorar Maria". Preciso de alguém tão bagunçado quanto eu, pois só assim vamos poder misturar nossa bagunça e nos entendermos, sem que me julgue de inferno e criança (meus dois últimos ex's usaram isso para me definir. Que maldade! :/  eu sou tão legal).  O problema é que esse povo gosta do fácil, e eu não sou fácil assim de ser desvendada. Eu sou um enigma.

 O fato é que nesses meus últimos relacionamentos, acho que já sei com quem vou dar certo futuramente. Tem que ser alguém paciente, que ame jogar, que saiba identificar o meu não que na verdade é um sim, e meu sim que na verdade é um não. Que não seja totalmente puro de coração porque eu não sou 100% bondade. Que tenha argumentos para me contrariar e não jogue "vai para o inferno" ou "você é muito infantil", ou que pelo menos após dizer isso tente me exorcizar porque eu vou ter o demônio no corpo.  Eu tenho certeza que eu vou terminar esse meu relacionamento, e eu vou descobrir se é para valer ou não se ele vier atrás de mim. Não adianta vir atrás depois que ficou com outras pessoas e viu que não ia conseguir me superar igual ao meu outro ex fez porque daí eu não perdoo, mesmo que me dê itens no jogo. Não, pensando melhor...

 Enfim, não que eu esteja procurando alguém para namorar nesse instante porque estou tendo fisiologia e química geral teórica, vida social é algo que foi anulado nesse semestre, só estou desabafando o que eu acho que vai ser no futuro. Se eu ficar com a cabeça muito no presente, vou acabar surtando. Até porque ainda gosto do meu ex, mas não tanto quanto antes. Pensava que ele era perfeitinho e depois que terminei com ele mostrou ser outra pessoa. Enfim, eu torço para que não seja falsidade, mas eu estaria sendo falsa se falasse que não penso nisso as vezes.  Diferentemente do outro ex que agora passou a me cumprimentar e um guri que eu somente fiquei há muito tempo  e sabe-se lá como arranjou o número do meu celular e me manda mensagens toda hora dizendo que sempre serei a "princesinha punk" dele. Caralho, pessoa que fala isso não é digno nem da minha amizade, nem do meu conhecimento! 

 Sem falar que descobri muita gente no facebook cobrinha. Pensa que eu sou boba achando que um convite para ir no cinema de noite é apenas uma saída entre amigos. Também notei o quanto passaram a me elogiar depois que ficaram sabendo que eu e o Guin terminamos. 

 Enfim, da próxima vez que alguém mostrar interesse em mim, vou deixá-la a par de todos os meus defeitos também. Sou implicante demais (conforme o povo me fala), sou chatinha, sou ciumenta, sou infantil, sou um inferno.



 EU NÃO GOSTO DE MONOTONIA, de verdade. Me surpreenda e eu destruo o mundo se você pedir.